Press "Enter" to skip to content

Litoral Norte faz barreiras sanitárias contra o Covid-19 neste feriadão

Preocupados com as aglomerações que podem acontecer por conta do feriado, as cidades do Litoral Norte se organizaram para tentar  proteger os seus turistas e moradores e evitar assim o avanço e a disseminação da Covid-19.

O turista que for passear por lá, vai enfrentar barreiras sanitárias, já que três cidades (Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela) pediram ajuda do governo estadual para ampliar as frentes de fiscalização.

Em Caraguatatuba, onde a expectativa é de que entre 70% e 80% dos hotéis e pousadas da cidade estejam ocupados , os quiosques da cidade vão  funcionar com redução de mesas e seguirão protocolos definidos pela prefeitura, como uso de máscara e álcool gel. Haverá também reforço da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e da vigilância sanitária.

Em São Sebastião, a prefeitura organiza barreiras desde a manhã desta sexta nos bairros que fazem divisa com Caraguatatuba e Bertioga, norte e sul, respectivamente. Os turistas e moradores terão a temperatura corporal medida pelas equipes e responderão breve questionário, além de serem monitorados e orientados sobre possíveis sintomas. Os pneus dos veículos serão desinfetados.

Em Ilhabela, a prefeitura faz desde a manhã desta sexta uma força-tarefa com Polícia Militar e vigilância sanitária. Os turistas serão recebidos por equipes na balsa e terão que assinar um termo de ciência com as regras e normas para evitar a disseminação do coronavírus. Entre as regras, estão algumas específicas de determinados segmentos, como a do ecoturismo, que define que todos os passeios tenham guia e no máximo seis pessoas por grupo. É necessário agendamento. A sinalização para uso de máscara e fiscalização serão reforçadas.

Em Ubatuba, a prefeitura não vai realizar barreiras sanitárias. Diferente das outras três, a cidade não pediu reforço do estado para montar barreiras, mas solicitou ajuda com reforço de policiais.

Baixada Santista

400 agentes vão participar da operação especial na orla das cidades durante o fim de semana prolongado, incluindo um esquadrão do Regime da Cavalaria, um pelotão das Rondas Ostensivas com o Apoio de Motocicletas (Rocam), do 2º Batalhão de Choque e de dois helicópteros Águia.

Organização: Márcio Ribeiro, com informações do G1

Postagem: O Garoçá/Editoria Livre

Imagem: Reprodução Ecovias

Fonte: G1 e G1 Vale do Paraíba e Região

Contato: [email protected]

 

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta