Autor: jotafagner

José Fagner Alves Santos é jornalista (MTB 0074945/SP), formado em Letras. Mestre em Educação e Doutor em Literatura Comparada. Fã de Ernest Hemingway, Tom Wolfe, Gay Talese, Hunter Thompson, John Hersey e Eliane Brum. Faz um arremedo de jornalismo literário. Publica sempre às segundas aqui no Editoria Livre e apresenta o podcast que é publicado às quartas. Colabora com o Portal Café Brasil.
04/18/2022 0

Sejamos mais tolerantes

Por jotafagner

Mesmo que fôssemos, você e eu, irmãos gêmeos, teríamos experiências de vida diferentes e, consequentemente, gostos e interesses diferentes. Essas…

03/21/2022 0

Ato um – O início

Por jotafagner

Neste episódio, resolvi contar como se deu o início da minha percepção sobre as estruturas narrativas existentes em filmes produzidos…

03/07/2022 0

Os malês e a escrita

Por jotafagner

Se é verdade que nunca existiu uma única civilização que não tivesse como lastro uma religião (e consequentemente uma literatura) que lhe desse identidade, também é verdade que o nível de complexidade aumenta quando essas mesmas sociedades desenvolvem alguma forma de escrita. Aqui no Brasil, a Revolta dos Malês foi um marco nos movimentos de resistência dos escravizados, talvez pelo fato desses escravizados dominarem a arte de escrever e possuírem uma religião que dava censo de unidade.

02/14/2022 0

Para que me serve a psicanálise?

Por jotafagner

Findo o primeiro semestre, noto que estou me tornando aquele que não desejava ser. Fico reparando na intencionalidade de cada frase dita em público ou no particular, em cada mensagem de WhatsApp, em cada tentativa de construção de uma narrativa.

02/07/2022 0

Um conto e duas histórias

Por jotafagner

Como algumas pessoas disseram não ter compreendido como os textos do Velho Testamento poderiam ser mais ricos que a Odisseia (de Homero), tentei dar aqui uma breve explicação sobre a importância do não dito. Repaldando os argumentos em Ernest Hemingway, Edgard Allan Poe e Ricardo Piglia.

01/24/2022 0

A cicatriz de Ulisses

Por jotafagner

Como o subtítulo da obra deixa claro, mimesis é a representação da realidade na literatura ou em qualquer outra manifestação artística. A obra de arte como simulacro da realidade. O conceito ganhou força durante o Renascimento, mas o termo já estava descrito no livro Poética, de Aristóteles.