Prefeitura inicia obra, mas larga a Avenida João Abel cheia de buracos

Buracos, buracos e mais buracos. Este é o cenário da Avenida João Abel, principal porta de entrada e cartão de visita da cidade, deixado pela administração municipal às vésperas das eleições.

A avenida, que tinha um asfalto ótimo se comparado com as outras ruas da cidade, recebeu o fresamento no trecho entre a Padre Anchieta e a rodovia, mas não ganhou o asfalto em toda a sua extensão, o que está deixando moradores revoltados.

“É uma vergonha o prefeito mexer nesta avenida que estava boa e deixar tudo estragado. Bagunçou toda a avenida e sumiu. Cadê ele?”

-Não quis se identificar

Trecho bem em frente ao portal de entrada da cidade

O morador ouvido pela reportagem não deixa de ter razão, pois o espaço entre a linha do trem e a Manoel da Nóbrega está ruim já há algum tempo e o trânsito diário de carros e ônibus, somados aos turistas que chegam motivados pela flexibilização da quarentena, agravam ainda mais o problema.

Neste momento, não há sinalização horizontal e o risco de acidentes é grande, já que os motoristas tentam desviar dos buracos e enfrentam  uma cortina de poeira,  que invade comércios, casas e impregna os pedestres.

Poeira ao fundo e a “calçada” da avenida

Procurada, a prefeitura respondeu que os trabalhos nunca pararam e que os serviços devem retomar na semana que vem, veja a resposta:

“De acordo com Departamento de Desenvolvimento Territorial, foi feito o processo de fresagem (técnica aplicada para restaurar pavimentos deteriorados e solucionar problemas no asfalto) e foram identificados defeitos em alguns pontos, que demandaram outros serviços. Mesmo assim, os trabalhos não pararam. Enquanto isso foram feitos outros trabalhos que não dependem de asfalto e na próxima semana o recapeamento será retomado.”

-Departamento de Jornalismo da prefeitura

A população espera que ao menos as ruas principais tenham as mínimas condições de trânsito e que o problema seja resolvido o mais breve possível.

Um dos tantos buracos da Avenida

Reportagem e Fotos: Márcio Ribeiro

Contato: [email protected]

Todos os direitos reservados /  setembro de 2019

 

Márcio Ribeiro

Sou Jornalista, Guia de Turismo, Monitor Ambiental, Técnico em Lazer e Recreação e Guia de Birdwatching. Sou um caiçara com orgulho das matas da Juréia. Trabalhei na Rádio Planeta FM, sou um dos fundadores do Jornal Bem-Te-Vi e participei de uma reunião de criação do Jornal do Caraguava. Fiz estágio na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Peruíbe e no Jornal Expresso Popular, do Grupo "A Tribuna", de Santos, afiliada Globo. Fui Diretor de Imprensa na Associação dos Estudantes de Peruíbe - AEP. Trabalhei também em outras áreas. Atualmente, escrevo para O Garoçá, Editoria Livre e para a Revista Editoria Livre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.