A Morte

Existem muitas coisas tristes e uma delas é a morte.

Uma pessoa querida vai embora, mas pedem para que sejamos fortes!

Ficamos sem rumo, sem horizonte, sem prumo e sem norte.

Nada do que digam ou façam: Não há nada que nos conforte!

Pois, com planos a vida seguia…

Do mesmo jeito que segue essa poesia…

Mas vem um corte!

 

A MORTE (23/11/2020)

Texto e Criação: Márcio Ribeiro

Imagem: Imagem de Josch13, por Pixabay

Fonte: Em memória

Contato: [email protected]

Todos os direitos reservados / Novembro de 2020

Márcio Ribeiro

Sou Jornalista, Guia de Turismo, Monitor Ambiental, Técnico em Lazer e Recreação e Guia de Birdwatching. Sou um caiçara com orgulho das matas da Juréia. Trabalhei na Rádio Planeta FM, sou um dos fundadores do Jornal Bem-Te-Vi e participei de uma reunião de criação do Jornal do Caraguava. Fiz estágio na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Peruíbe e no Jornal Expresso Popular, do Grupo "A Tribuna", de Santos, afiliada Globo. Fui Diretor de Imprensa na Associação dos Estudantes de Peruíbe - AEP. Trabalhei também em outras áreas. Atualmente, escrevo para O Garoçá, Editoria Livre e para a Revista Editoria Livre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.