Doc. Histórico: Prisioneiro alemão  tenta fugir, mas é capturado em Peruíbe, em1946

Doc. Histórico: Prisioneiro alemão tenta fugir, mas é capturado em Peruíbe, em1946

09/03/2021 0 Por Márcio Ribeiro

Um tripulante do navio alemão “Winduck”, aprisionado no Brasil durante a segunda guerra, foi preso em Peruíbe, em 1946, quando tentava  fugir para a Argentina.

A narração é  do Jornal de Notícias, que conta que o navio  aportou no Brasil disfarçado de nacionalidade japonesa. A sua tripulação, depois de desembarcada, foi remetida para São Paulo, onde ficou detida até o fim da conflagração mundial.

Entre os muitos alemães que foram postos em liberdade, estava Rewinck Krun, que foi  residir em uma pensão em São Vicente.

Disposto a abandonar o país, por não gostar nem um pouco do Brasil, Rewinck obteve provisões que bastassem para uma viagem até a Argentina,  roubou uma pequena embarcação de passeio movida a motor e se dirigiu para o país vizinho, local onde pretendia fixar residência.

Não demorou muito e proprietário da embarcação constatou o roubo. A vítima não comunicou o caso à polícia, mas contratou um estivador para desvendar o misterioso roubo do seu barco. Esse estivador, viajando a bordo de uma outra embarcação, conseguiu localizar o barco roubado fundeado na praia de Peruíbe, onde prendeu Renwinck, levando-o para Santos.

Entregue à polícia Marítima, o ex-tripulante do “Winduck” foi escoltado, encaminhado para a delegacia de Ordem Politica e Social da capital e respondeu ao  inquérito instaurado.

 

Pesquisa: Fábio Ribeiro*

*Professor de História da Rede Pública e Mestre em História Social pela FFLCH/USP

Postagem: Márcio Ribeiro

Fonte e Imagem: Jornal de Notícias**

**Jornal de Notícias, São Paulo, 22 de junho de 1946

Contato: [email protected]