Home O Garoçá Crônica Live Caiçara: Grupo Mandicuera toca Fandango neste sábado, 23

Live Caiçara: Grupo Mandicuera toca Fandango neste sábado, 23

Live Caiçara: Grupo Mandicuera toca  Fandango neste sábado, 23
0

Neste sábado (23) vai rolar a “live” caiçara com o grupo Mandicuera, que promete tocar o melhor do fandango que rola nas festas das comunidades tradicionais da nossa região.

Transmitido direto de Paranaguá, mais precisamente da Ilha dos Valadares, a apresentação “ao vivo” poderá ser assistida pelo facebook, a partir das 20 horas, na página da Associação Mandicuera:

https://www.facebook.com/mandicuera/

“Ah, não conhece?”

Então não perca a chance de conhecer o pouco do que resta da cultura do território caiçara.

Serviço

Fandango Caiçara com o Grupo Mandicuera

Dia: Sábado, 23/05

Horário: 20 horas

Local: Facebook, na página da Associação Mandicuera

Associação Mandicuera

“É uma associação de cultura popular que tem por finalidade trabalhar a salvaguarda dos bens culturais do povo caiçara, estimular e promover a sobrevivência destas manifestações como a Festa do Divino, Festa do Fandango, Folia do Divino, Boi mamão e terço cantando…”

-Aorelio Domingues

Fandango Pancada

Aorélio Domingues, o mestre, é autor do CD intitulado “Fandango Pancada – Amanhece”, cujas músicas podem ser ouvidas no seguinte link:

https://www.palcomp3.com.br/mestreaorelio/discografia/amanhece-fandango-pancada/

Publicação e Texto: Márcio Ribeiro

Imagens: Associação Mandicuera

Contato: [email protected]

Márcio Ribeiro Sou Jornalista, Guia de Turismo, Monitor Ambiental, Técnico em Lazer e Recreação e Guia de Birdwatching. Sou um caiçara com orgulho das matas da Juréia. Trabalhei na Rádio Planeta FM, sou um dos fundadores do Jornal Bem-Te-Vi e participei de uma reunião de criação do Jornal do Caraguava. Fiz estágio na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Peruíbe e no Jornal Expresso Popular, do Grupo "A Tribuna", de Santos, afiliada Globo. Fui Diretor de Imprensa na Associação dos Estudantes de Peruíbe - AEP. Trabalhei também em outras áreas. Atualmente, escrevo para O Garoçá, Editoria Livre e para a Revista Editoria Livre.

Deixe uma resposta