FAEP lança nova campanha para aumentar doações de sangue e salvar vidas

A falta de bolsas de sangue é um problema crescente no Brasil, especialmente após a chegada da pandemia da COVID-19 em 2020. As doações caíram cerca de 10%, de acordo com dados do Ministério da Saúde, e mesmo com a melhoria do cenário pandêmico, as doações não aumentaram significativamente.

A OMS recomenda que pelo menos 3% a 5% da população de um país seja doadora de sangue, mas, no Brasil, apenas cerca de 1,8% da população doa sangue. Para ajudar a combater essa escassez, a Faculdade de Educação Paulistana (FAEP) está lançando a 4ª edição da campanha De gota em gota se enche uma vida, #faepnaveia, em parceria com a Agência Transfusional do Hospital Geral de Taipas, em São Paulo, e a Fundação Pró-sangue.

O objetivo é mobilizar alunos, educadores, colaboradores e moradores da comunidade local para doar sangue, que será destinado a vários hospitais. Após a realização de três edições, que resultaram na coleta de mais de 200 bolsas de sangue, a 4ª edição acontece no dia 22 de março, das 9h às 15h, na FAEP, em São Paulo. Para participar, é necessário preencher um formulário e apresentar um documento original com foto no dia da doação.

Os requisitos para participar da ação solidária incluem estar alimentado, evitar alimentos gordurosos nas 3 horas anteriores à doação de sangue, aguardar 2 horas após o almoço, e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas. É importante lembrar que a doação de sangue é um ato de solidariedade e humanidade, que pode salvar vidas.
Existem muitas razões pelas quais alguém pode precisar de uma transfusão de sangue, como para tratar de um câncer, ajudar uma pessoa que sofreu um acidente grave ou garantir que uma cirurgia seja realizada com segurança. Sem os doadores, tais pessoas não recebem o tratamento necessário para sobreviver.

Além disso, o sangue é um recurso limitado e não pode ser produzido artificialmente. Por isso, é essencial que ele seja doado regularmente a fim de manter os estoques em níveis seguros. Qualquer pessoa saudável, com idade entre 16 e 69 anos e peso acima de 50kg, pode doar. O processo de doação é simples, seguro, rápido e indolor e, geralmente, dura cerca de 30 minutos. Após doar, o corpo repõe o sangue perdido em poucas semanas, permitindo que o processo possa se repetir após 60 dias.

“Os bancos de sangue estão com déficits enormes, a ponto de os médicos terem que escolher quem receberá sangue ou não. Nesse contexto, a doação se torna mais que um ato de solidariedade, ela se torna um ato de humanidade. Por isso, eu convido todos a participarem dessa campanha para, juntos, ajudarmos a mudar esse cenário”, alerta Vânia Aparecida Costa, diretora acadêmica da FAEP.

No dia da doação, os candidatos devem comparecer ao local, apresentando um dos documentos a seguir:

– Documento original com foto (RG ou RNE);

– Carteira de Trabalho;

– Carteira de Identidade Profissional

– Carteira Nacional de Habilitação com Foto

– Certificado de Reservista

Serviço:
4ª edição da campanha De gota em gota se enche uma vida, #faepnaveia
Data: 22/03, das 9h às 15h
Local: Rua Cordeiro da Silva, 143, Nova Parada, São Paulo (SP)
Para se inscrever, clique aqui

Sobre o autor

Mestra em Ciências Humanas. Jornalista. Especialista em Metodologia do Ensino na Educação Superior e em Comunicação Empresarial.
Assessora de Comunicação. Blogueira de Cultura e de Mídias.
Sou apaixonada por programas culturais – principalmente cinema, teatro e exposição – e adoro analisar filmes, peças e mostras que vejo (já assisti a mais de 150 espetáculos teatrais). Também adoro ler e me informar sobre assuntos ligados às mídias de modo geral e produzir conteúdos a respeito.


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações