Educação em saúde bucal é tema de evento promovido pela FAEP a pedagogos e estudantes de Pedagogia

Educação em saúde bucal é tema de evento promovido pela FAEP a pedagogos e estudantes de Pedagogia

03/22/2022 0 Por Mariana Mascarenhas

Instituição realizará palestra ministrada pela Dra. Graicy Vital, cirurgiã-dentista que ensinará aos pedagogos maneiras lúdicas de abordar a questão da saúde bucal com crianças

Considerada a doença crônica mais comum na infância e um dos males mais prevalentes no mundo, a cárie dentária pode interferir, negativamente, na qualidade de vida do indivíduo, desencadeando, até mesmo, outros problemas de saúde. De acordo com estudo realizado na Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em uma clínica odontológica, oito em cada dez crianças atendidas consumiam alimentos açucarados como parte da rotina alimentar e apresentavam cáries. Do total de 86 casos analisados, 86,2% da amostra possuíam a doença bucal. Os pesquisadores ainda relatam que o consumo de açúcar já começava a partir dos nove meses de idade.

A pesquisa foi divulgada em novembro de 2021, na Revista Gaúcha de Odontologia, e nos mostra um cenário preocupante referente ao consumo precoce e indevido de açúcar. Além disso, a própria OMS (Organização Mundial da Saúde) não recomenda a ingestão de açúcar até os dois anos de idade. Para a Dra. Graicy Vital Rodrigues dos Santos, cirurgiã-dentista, professora e palestrante em saúde bucal para as crianças, a grande questão está na prevenção desses problemas por meio de uma educação bucal oferecida por pais e educadores aos pequenos. Ela também ressalta que não basta orientar as crianças, é preciso fazê-lo de forma lúdica.

Na manhã de 26 de março, inclusive, a Dra. Graicy participará de um evento presencial promovido pela FAEP (Faculdade de Educação Paulistana), localizada na zona noroeste de São Paulo, em que abordará o tema Educação em Saúde Bucal para Pedagogos – Atividades para motivar crianças e pais. Durante a palestra – voltada tanto para os discentes do curso de Pedagogia da instituição, quanto ao público de modo geral, a dentista mostrará formas lúdicas de ensinar a importância da higienização bucal para crianças através de macromodelos, jogos e atividades, explorando a relevância da educação em saúde bucal e como abordá-la no âmbito escolar.

“Com o aumento da participação feminina no mercado de trabalho, a migração de determinados profissionais do escritório para o home office, entre outras questões, muitos pais acabam introduzindo seus filhos na escola cada vez mais cedo. Sendo assim, é essencial preparar os pedagogos para abordar com os alunos questões como a higienização bucal, já que eles supervisionarão as crianças em algumas escovações diárias”, afirma Graicy. Ela reforça, então, a necessidade de instruir os educadores a orientarem seus alunos da primeira infância a utilizarem as técnicas corretas para escovar os dentes.

Para a cirurgiã-dentista, grande parte das instituições acadêmicas brasileiras não se preocupa em inserir questões sobre educação em saúde nos cursos de Pedagogia, algo que ela considera imprescindível, por preparar os pedagogos para uma formação integral dos alunos. “Por isso, eventos como esse produzido pela FAEP são um diferencial, pois auxilia educadores a trabalhar a prevenção de doenças com as crianças, garantindo a elas a manutenção de uma melhor qualidade de vida.”

Dra. Graicy também ressalta que, na 1ª infância, os pequenos adoram reproduzir o que aprenderam e, ao receber orientações corretas de seus pedagogos em relação aos hábitos diários, poderão reeducar até mesmo a própria família. Mas, segundo a doutora, isso não significa que muitos pais não possuam conhecimento para orientar seus filhos, a questão é que, muitas vezes, eles não apresentam maneiras mais lúdicas e educativas no momento de abordar as crianças.

“É importante, também, que os pais sejam exemplo para que seus filhos mantenham os hábitos de higienização. Todos precisam cooperar e a relação família-escola é indispensável para isso. Afinal, não adianta a criança ser educada em saúde no ambiente escolar, por exemplo, e não receber as mesmas orientações em casa”, alerta a cirurgiã-dentista.

Ela ainda destaca como esse trabalho de formação pedagógica contribui para o surgimento de gerações mais conscientes e sem doenças bucais, a médio ou longo prazo. No entanto, ela também afirma que o preparo dos educadores deve envolver não apenas a hignienização bucal como questões da saúde de modo geral, a fim de preparar os pequenos para uma vida saudável duradoura, sob todos os âmbitos.

Quem quiser saber mais sobre as dicas da Dra. Graicy poderá comparecer ao evento promovido pela FAEP. “Nosso intuito é sempre fornecer ações diferenciadas para a formação integral do educando não apenas em aspectos teóricos, mas levando em consideração outros elementos importantes, como a saúde do indivíduo. Pensando nessa linha, promovemos uma série de palestras como essa, que contará com momentos interativos e dinâmicos”, afirma Vânia Aparecida da Costa, diretora acadêmica da FAEP.

Serviço:

Palestra Educação em Saúde Bucal para Pedagogos – Atividades para motivar crianças e pais

Local: FAEP – Rua Cordeiro da Silva, 143, Taipas, São Paulo (SP)

Horário: a partir das 9h

Inscrições pelo Sympla, clique aqui 

 

Sobre a Dra. Graicy Vital

Cirurgiã-Dentista, atuando nas áreas de Clínica Geral, Odontopediatria, Ortopedia Funcional dos Maxilares, Ortodontia e Pacientes com Necessidades Especiais.

Professora convidada do curso de Auxiliar de Saúde Bucal (ASB) da APCD Pinheiros abordando os temas de prevenção, periodontia e atendimento odontopediátrico. Palestrante em saúde bucal para crianças de 0 a 14 anos. Autora técnica de duas cartilhas de educação em saúde oral. Dentista voluntária em projetos sociais de ONG’s que envolvem atendimento odontológico a crianças.