Home Mariana Mascarenhas Romance inédito sobre o Sudário de Turim surpreende pela sua abordagem

Romance inédito sobre o Sudário de Turim surpreende pela sua abordagem

Romance inédito sobre o Sudário de Turim surpreende pela sua abordagem
0

Santo Sudário / Foto: Wikipedia

Há pouco mais de dois mil anos, um homem esteve na Terra e sua passagem foi tão marcante que o mundo se dividiu entre antes e depois dele. Sua história foi parar numa coleção de livros que, até hoje, é a mais lida e vendida do mundo. Se você vive neste planeta, independentemente de professar alguma fé ou não, já sabe de quem se trata: Jesus Cristo; e, provavelmente, também já identificou que a coleção citada se refere a Bíblia Sagrada.

Hoje, é impossível contar o número de obras que, de alguma forma, apresentam Jesus em sua temática e, justamente por isso, atraem a atenção dos leitores. Afinal, sua vida atrai crentes e não crentes que, independente de fé, já leram sobre a história dos milagres e de sua ressurreição descrita na Bíblia.

Logo, se tudo relacionado a Jesus chama a atenção, o que dizer de um objeto que esteve em contato direto com ele? Pois este objeto existe, é o lençol mortuário que envolveu seu corpo após ser crucificado, conhecido como Sudário, pano de linho que traz as marcas de um homem que teria sofrido traumatismos de uma crucificação e que hoje se encontra em Turim, na Itália. Desde então, diversos estudiosos se dedicaram a estudá-lo, porém, um livro, lançado recentemente, aborda, de modo inédito, toda a trajetória do pano de linho desde a sua confecção até o momento em que se tornou objeto científico, a partir da fotografia de Secondo Pia, em 1898: A saga desconhecida do Santo Sudário de Cristo e de sua Igreja, da Editora Lumen et Virtus.

Escrito por um dos maiores especialistas do Santo Sudário no Brasil, Prof. Dr. Jack Brandão, que estuda o objeto há mais de 30 anos, a obra não se destina apenas para crentes, mas para todos que desejam saber mais sobre os mistérios ainda não revelados, não somente do pano de linho, como também da história da Igreja como um todo.

Logo na abertura da obra, somos convidados a fazer um questionamento que podemos aplicar em tudo aquilo que conhecemos: a importância de se compreenderem as partes para se enxergar o todo e a relevância de distanciar-se delas para compreender a existência dessa totalidade. Algo que se torna ainda mais claro, conforme vamos avançando pelas páginas do livro. Afinal, ele aborda a origem do Sudário a partir da plantação de linho no Egito, passando pelos confrontos entre diferentes povos após a ressurreição de Cristo e os meios empregados para salvaguardá-lo.

Como um quebra-cabeça que se revela à medida que vamos encaixando as peças, assim ocorre com a leitura desta obra, pois não se trata apenas da história de um pano de linho, mas da trajetória da humanidade em torno dele. Afinal, desde sua confecção, temos contato com as diferentes civilizações, seus hábitos, crenças e costumes, além dos diferentes conflitos que aconteceram após a morte e ressureição de Cristo, com intensa perseguição aos cristãos até à consolidação da Igreja.

Um livro que nos enriquece culturalmente e nos transporta para o contexto dos personagens, a fim de que também possamos compreender a totalidade da imagem impressa no Sudário. Isso, porém, é feito de maneira gradativa, não como um todo. A obra não se destina, simplesmente, a dissertar sobre o objeto, mas sobre revelá-lo, parte por parte, surpreendendo não apenas os personagens, mas também a nós, que nos colocamos em seus lugares para nos deixarmos ser surpreendidos. Afinal, os próprios apóstolos que tiveram contato com o pano ainda não tinham pleno conhecimento da riqueza que possuíam em mãos.

Mas, à medida que nos aprofundamos na obra, as imagens se tornam mais claras, pois nos distanciamos delas para enxergarmos sua totalidade. No entanto, este ainda é o começo dessa viagem, pois a obra é o primeiro volume de uma coleção. Portanto, ainda nos distanciaremos muito das partes para compreender esse todo, que se revelará mais adiante por meio dessa aventura literária.

Serviço:

Livro: A saga desconhecida do Santo Sudário de Cristo e de sua Igreja

Autor: Jack Brandão

Vendas pelo site: http://www.editoralumenetvirtus.com.br/pages/livros/_saga_desconhecida.htm

Valor: 55 reais

Mariana Mascarenhas Mestra em Ciências Humanas. Jornalista. Especialista em Metodologia do Ensino na Educação Superior e em Comunicação Empresarial. Assessora de Comunicação. Blogueira de Cultura e de Mídias. Sou apaixonada por programas culturais – principalmente cinema, teatro e exposição – e adoro analisar filmes, peças e mostras que vejo (já assisti a mais de 150 espetáculos teatrais). Também adoro ler e me informar sobre assuntos ligados às mídias de modo geral e produzir conteúdos a respeito.

Deixe uma resposta