A Prefeitura de Peruíbe não vai seguir o exemplo dado pelas Prefeituras de Guarujá e Bertioga que entraram com uma reclamação formal à Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) e ainda multaram a Sabesp por conta da falta d’água durante as festas do final de ano.

Mesmo com os inúmeros transtornos causados na cidade, a administração municipal entendeu que os “problemas foram pontuais”, apesar de alguns bairros terem ficado sem água entre o natal e a primeira semana do ano novo e também sem o atendimento do caminhão pipa, conforme verificado pela reportagem em algumas casas. Até no Stella Maris as torneiras foram afetadas.

Leia a resposta enviada à redação:

Quando o prefeito soube de alguns casos, cobrou explicações e providências da Sabesp. Ele foi prontamente atendido pela empresa, que explicou os fatos como sendo pontuais..
A Prefeitura não entende ser necessário multar a Sabesp.”

– Prefeitura de Peruíbe

Em Bertioga

A Prefeitura de Bertioga notificou e aplicou multa à Sabesp no valor de R$ 72.152 em virtude do transtorno ocasionado pela falta d’água em diversos bairros da cidade, bem como a falha no atendimento adequado aos munícipes e turistas.

De acordo com a administração daquela cidade, a falta de abastecimento de água incorre em infração considerada de risco à saúde.

No Guarujá

A Prefeitura de Guarujá multou a Sabesp em R$ 50 mil, devido ao desabastecimento de água em diferentes regiões da cidade nos últimos dias e resolveu tomar medidas para resolver o problema. Além da multa, a Prefeitura informou que está notificando a empresa a apresentar um mapeamento das ocorrências de falta d’água e extravasamento de poços de visita registradas desde o último dia 20 de dezembro pelo telefone 195.

COMUNICADO DA SABESP (31.12.2019)

A Sabesp informa que vem mantendo o abastecimento de água aos moradores e turistas de Peruíbe, sem registro de ocorrências generalizadas. A Empresa reforçou a distribuição em toda a região e o sistema funciona em sua capacidade máxima neste período de grande concentração de pessoas. Técnicos estão vistoriando os endereços onde há solicitação pelos canais de atendimento.

Agência para atendimento ao público – Lembrando que Peruíbe conta com uma agência para atendimento ao público à Rua 24 de dezembro, no Centro.que funcionou nesta terça-feira (dia 31), das 8h30 às 12h30. Amanhã, dia 1º, não haverá expediente, mas na quinta-feira (dia 2/1), atenderá de 12h30 às 16h30. E entre os dias 28/1 e 1/2, a Agência Móvel da Sabesp estará na Cidade atendendo das 9h às 16h.

Melhorias – Vale destacar que a Companhia realizou em 2019 inúmeras melhorias operacionais. A Empresa se preparou com ações operacionais, além do reforço de profissionais em regime de prontidão 24 horas por dia e maquinários à disposição, entre geradores, caminhões-pipa, retroescavadeiras, motocicletas e maquinário para desobstrução das redes.

Em Peruíbe, foram 8,12 quilômetros de novas redes de água assentadas para remanejamento, prolongamento ou reforço do sistema de abastecimento; além da inspeção por geofonamento em 214,82 quilômetros de redes de água no combate às perdas.

No total, em 2019, foram investidos R$ 237,6 milhões nos sistemas de saneamento das nove cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista.

Campanha educativa – Para estimular a economia no consumo de água, a Sabesp ainda iniciou campanha educativa com distribuição de informativos em locais de grande movimentação de pessoas. Por toda a Baixada Santista, são diversos pontos com promotores para entrega de cartazes, folhetos ou ainda tag de maçaneta e lixocar. É a Sabesp levando até a população dicas simples para esbanjar consciência e contribuir para a preservação deste bem finito.”

Reportagem: Márcio Ribeiro

Imagem: Pixabay

Com informações do: g1 Santos e Região

Contato: [email protected]

There are currently no comments.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.