Diversão garantida do começo ao fim, os 70 minutos de duração passam voando com a peça Eu Era Tudo Pra Ela e Ela Me Deixou, que trás para o palco o grande comediante Marcelo Médici incorporando os mais diferentes e engraçados personagens.

A trama traz para a plateia a trajetória de Samuel (papel de Ricardo Ratsham, diretor do monólogo Cada um Com Seus Probrema, interpretado por Médici) que, após dez anos de casamento, é obrigado a se retirar de casa a “pedido” da mulher (interpretada por Marcelo Médici) que deseja o divórcio. Decepcionado e sem entender o motivo da separação, ele vagueia pelas ruas em busca de um lugar para ficar e, durante a trajetória, vai encontrando uma série de personagens diferenciados, como um amigo que se revela travesti, um bêbado, uma prostituta gaúcha e até um assassino, todos interpretados por Médici com excelência.

Confirmando seu grande talento para lidar com incorporações rápidas e momentâneas de papéis diferenciados, o humorista encara de forma muito divertida todos os nove personagens presentes na história. A plateia também se encanta com a rapidíssima troca de figurinos de Médici para cada personagem, em que ele sai de cena vestido de uma forma e, dentro de instantes, aparece nos palcos de outra forma totalmente diferente – proeza que ele também demonstrou ter quando atuou no espetáculo Irmã Vap.

Vale destacar a atuação de Ricardo Ratsham no papel de Samuel, ao representar muito bem seu personagem, alguém cujo total transtorno com a separação da mulher acompanha o desvendar de uma estranha personalidade – segredo revelado ao final do espetáculo.

Dirigido por Emilio Boechat Eu Era Tudo Pra Ela e Ela Me Deixou permanece em cartaz no Teatro Faap até o dia 29 de abril.

Por Mariana Mascarenhas