Home O Garoçá Crônica Veja 10 erros cometidos pela prefeitura nos shows da independência

Veja 10 erros cometidos pela prefeitura nos shows da independência

Veja 10 erros cometidos pela prefeitura nos shows da independência
0

Peruíbe viveu um cenário de guerra. Uma briga feia travada entre a Prefeitura de Peruíbe e os ambientalistas locais, iniciada na época da instalação da usina termoelétrica e que culminou agora com a defesa das Corujas Buraqueiras.

Uma luta infantil, por parte daqueles que deveriam trabalhar pelo povo e não pelo interesse de particulares.

Eram só corujas buraqueiras? Sim!

Elas são exóticas? Sim!

Deveria ter o show? Sim!

Então qual foi o erro da prefeitura?

Vamos tentar enumerá-los:

1 – Se eram interesses de particulares, por que a prefeitura esforçou-se tanto e utilizou funcionários públicos para tratar da questão?

2- Se a justificativa para ganhar a “queda de braço” foi a reclamação de representantes do empresariado e do comércio local que pedem ações para atrair turistas para a cidade, por que o show não foi realizado fora de um feriado? Em uma data onde a cidade recebe poucos turistas?

3- Se o “particular” queria um local no Centro, como apurou a reportagem de O Garoçá, por que ele não alugou o Palace ou por que a prefeitura não informou aos particulares que parte da população não queria o evento no local escolhido?

4- Se a prefeitura existe para representar a população e trabalhar pelo povo, por que não atendeu ao pedido dos ambientalistas, endossado por diversas curtidas nas redes sociais?

5- Por que não procurou o diálogo?

6- Se a Prefeitura quer mesmo investir no Turismo, por que não tratou de acabar com a escuridão pública? As ruas da cidade continuam escuras e desertas.

7- Por que não para de valorizar o prêmio “top destinos turísticos” onde, praticamente, todas a cidades do litoral ganharam em algum segmento, de um modo que é possível interpretar que é mais um prêmio político. Que tal esquecer os outros e trabalhar na cidade?

8- Se a prefeitura pensa no turista, por que a cidade é uma das mais violentas do estado, de acordo com estudo recém publicado, pelo Instituo Sou da Paz?

9- Se Peruíbe respeita as questões ambientais e luta para preservar o meio ambiente por que não investe no turismo, deixando um legado para o futuro e não em ações que se acabam junto com o feriado.

10- Se Peruíbe quer atrair turistas, por que não organiza o fluxo na Cachoeira do Perequê ou não recupera as trilhas úteis para educação ambiental, mas que estão abandonadas pela Prefeitura e a mercê de usuários de drogas.

Na opinião deste veículo, apesar de ter vencido a queda de braços, o governo do Luiz Maurício saiu manchado desta briga. Sem necessidade.

Por outro lado, os ambientalistas devem tomar cuidado para que não caiam no descrédito  quando lutarem por algo maior.

O Garoçá – Artigo de Opinião

Texto: Márcio Ribeiro

Imagem: Pixabay

Contato: [email protected]

Este texto não trata de certo ou errado. Apenas um artigo de opinião para fazer com que as pessoas reflitam, tirem suas conclusões e concordem ou não com este conteúdo

Márcio Ribeiro Sou Jornalista, Guia de Turismo, Monitor Ambiental, Técnico em Lazer e Recreação e Guia de Birdwatching. Sou um caiçara com orgulho das matas da Juréia. Trabalhei na Rádio Planeta FM, sou um dos fundadores do Jornal Bem-Te-Vi e participei de uma reunião de criação do Jornal do Caraguava. Fiz estágio na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Peruíbe e no Jornal Expresso Popular, do Grupo "A Tribuna", de Santos, afiliada Globo. Fui Diretor de Imprensa na Associação dos Estudantes de Peruíbe - AEP. Trabalhei também em outras áreas. Atualmente, escrevo para O Garoçá, Editoria Livre e para a Revista Editoria Livre.

Deixe uma resposta