Peruíbe será palco de um ato de alerta contras as mudanças climáticas globais, nesta quinta, na Praia do Centro, às 10 horas, quando será fixada uma placa informando a projeção do avanço do mar para o ano de 2050. A ação é aberta ao público.

Com o apoio do Mocan – Movimento Contra as Agressões à Natureza, a ideia partiu do biólogo, Bruno Lima, que mandou um texto para a redação de O Garoçá. Confira:

“É uma realidade: sempre convivemos com eventos climáticos extremos e violentos, mas o fato é que os níveis crescentes de gases estufas têm tornado o planeta mais quente. Com prognósticos de até seis graus de aquecimento global para os próximos anos, segundo o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), onde estará o nível do mar? O que será que vai acontecer com os nossos litorais e nossas cidades? Será que seremos todos, como indicam alguns ambientalistas, forçados a abandonar as cidades praianas e a sobreviver dos restos estilhaçados da civilização, em refúgios localizados em lugares mais altos? Para alertar aos habitantes da baixada sobre esse risco, decidimos espalhar placas pelas praias da baixada santista informando onde o nível do mar vai estar em 2050! Venha participar, o evento é gratuito e aberto a todos”

A próxima ação deve acontecer em breve, na Praia de Santos.

Ação feita no exterior, semelhante ao que vai acontecer em Peruíbe

Texto: Márcio Ribeiro

Colaboração: Bruno Lima

Apoio: Mocan

Imagem: Divulgação

Contato: [email protected]

There are currently no comments.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.