Press "Enter" to skip to content

Greve de professores deixa alunos sem aulas nas escolas de Peruíbe

Os alunos das escolas estaduais de Peruíbe estão com os seus horários de aulas alterados desde terça-feira, por conta da greve estadual dos professores.

Algumas escolas estão funcionando parcialmente, enquanto outras dispensaram salas ou períodos inteiros.

A greve foi decidida por cerca de cinquenta mil professores que compareceram na paralisação do último dia 15, ocorrida na Praça da República, na capital.

Por enquanto, a paralisação deve  se estender até amanhã (31), data em que vai ocorrer uma assembleia no vão livre do MASP para avaliar a continuidade do movimento, válido em todo o estado.

De acordo com um boletim online da Apeoesp, a luta é contra  a reforma da previdência e pela retirada da PEC 287/2016 do Congresso Nacional. Reajuste imediato de 22,03%, currículo máximo do ensino médio (contra  a retirada de disciplinas) e contra o presidente Temer.

Apesar da costumeira reclamação por parte dos professores de que a imprensa não faz a devida cobertura da luta da categoria, a reportagem de O Garoçá procurou a Apeoesp, por meio da subsede do Litoral Sul, mas até o fechamento desta publicação não recebeu mais informações.

Reportagem: Márcio Ribeiro

Texto e Pesquisa: Márcio Ribeiro

Foto: pragmatismopolitico.com.br

[email protected]

MTB: 0078407

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta