“No dia 28/12 a família, amigos, professores e moradores da cidade de Peruíbe se reuniram no terminal do rodoviário da cidade e marcharam até a delegacia pedindo justiça e respeito à memória de Rodrigo Marques.

Rodrigo Marques foi assassinado com um tiro na cabeça na madrugada de 22 para 23 de dezembro em pleno centro da cidade, durante plena temporada nessa lotada cidade litorânea. Rodrigo foi enterrado no dia 24, horas antes da tradicional ceia de Natal onde as famílias se reúnem e se abraçam…

Este adolescente de 15 anos não tinha, segundo a própria investigação, passagem pela polícia, não estava armado e não portava drogas, e independente das informações passadas pela polícia civil todas as pessoas de seu convívio são unânimes em definir Rodrigo como “um menino do bem”, respeitoso, alegre, doce, brincalhão e comunicativo, e sem nenhuma dúvida, não como um criminoso. O único crime de Rodrigo foi, após passar da primeira para a segunda série do E.M. e entrar em férias, querer se divertir.

Mas por que um caso assim, tão claramente injusto, ocorrido no centro da cidade, com incontáveis testemunhas, debaixo das incontáveis câmeras de vigilância da cidade ainda não foi esclarecido? Por que a pessoa que disparou certeiramente contra a cabeça desse adolescente ainda não foi preso?

Amigos do adolescente e de forma geral toda a comunidade do Caraguava/Caraminguava aparentam saber e comentam de onde veio o disparo: veio de uma arma que supostamente nos protegeria…

Evidentemente que nada trará, Rodrigo de volta, que nenhuma ação irá reparar essa tragédia e preencher o buraco na família e nas pessoas que conviviam com Rodrigo, mas Rodrigo merece respeito, sua família merece viver seu luto e concluir de alguma forma o processo de cura emocional, espiritual… A família merecia poder se recolher, se abraçar, apoiarem-se uns nos outros e de alguma forma se reconstruir!

Ao invés disso se veem obrigados a contratar advogado, organizar manifestações e expor e espetacularizar toda sua dor em público.

Precisamos encerrar esse ciclo, precisamos que Rodrigo descanse, precisamos festejar sua memória e somente lembrar dos bons momentos, mas cada momento em que o caso não é elucidado a família é obrigada a lembrar e reviver o trágico momento da perda da uma parte de si.

Peruíbe e suas autoridades competentes, investigadores, todos nós devemos isso à família de Rodrigo, e ao mesmo tempo todos nós merecemos e precisamos disso, a dor é dos mais próximos, mas poderia ser a dor de qualquer um de nós…

Pedimos transparência, pedimos esclarecimento, pedimos paz, pedimos justiça para Rodrigo Marques e sua família!”

Assinado: Familiares e amigos

Veja matéria divulgada pela TV Tribuna

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/jornal-tribuna-2edicao/videos/t/edicoes/v/policia-investiga-se-tiro-que-matou-menor-em-baile-funk-partiu-de-arma-de-pm/7265781/

Texto: Familiares e Amigos de Rodrigo Marques

Postagem: Márcio Ribeiro

Colaboração: Diego De Esteban

Contato: [email protected]

 

 

There are currently no comments.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.