Press "Enter" to skip to content

Ensaio Fotográfico: “Para evoluir é preciso passar por uma grande metamorfose”

 

 

 

    

 

ENSAIO FOTOGRÁFICO

“O fotógrafo pode tirar uma foto de algo que não entendeu plenamente ou, às  vezes, de algo que ele compreendeu parcialmente, que ele pode registrar para compreensão posterior. E o esclarecimento pode vir não apenas da sua compreensão enriquecida, mas também de um informante nativo.”

John Collier em Antropologia Visual: 
A fotografia como método de pesquisa (1973

“As fotografias, em geral, sobrevivem após o desaparecimento físico do referente que as originou: são os elos documentais e afetivos que perpetuam a memória. A cena gravada na imagem não se repetirá jamais. O momento vivido, congelado pelo registro fotográfico, é irreversível. As personagens retratadas envelhecem e morrem, os cenários se modificam, se transfiguram e também desaparecem. O mesmo ocorre com os autores fotográficos e seus equipamentos. De todo o processo, somente a fotografia sobrevive. Os assuntos nela registrados atravessaram os tempos e são vistos por olhos estranhos em lugares desconhecidos: natureza, objetos, sombras, raios de luz, expressões humanas, por vezes crianças, hoje mais que centenárias, que se mantiveram crianças.”

Boris Kossoy em Realidades e Ficções da
Trama Fotográfica (2000, p.33)

“É através do ensaio que o fotógrafo pode expressar com mais intensidade sua visão sobre determinado tema, e é importante que se sinta a singularidade que a presença do ponto de vista do autor permite ao trabalho. Ao mergulhar em um ensaio o autor se vê inserido em um processo que exige muito mais que a captura de imagens. Exige uma reflexão sobre a conexão entre estas imagens, sobre a edição que melhor pode expressar sua intenção no trabalho (tendo assim mais efeito que a simples exposição de tudo que se pode revelar a respeito do assunto em questão) e sobre a apresentação que seja mais eficiente para tocar o outro, seu apreciador”.

Hoffer (1983), citado no trabalho de Fiuza & Parente
(2008, p.171) e Márcio Ribeiro (2012, p. 28)

 

 

Publicação Original: Neurotopia  (www.facebook.com/neurotopia/)

Postagem : O Garoca, sob licença de Neurotopia

Observações: Sem legendas

Todo os direitos reservados

Citações

HOFFER, Mary Jane. Technical and aesthetic developments of the photoessay. New
York, Columbia University, 1983

FIUZA, Beatriz Cunha & PARENTE Cristiana. O Conceito do Ensaio Fotográfico.
Londrina 2008

JR, John Collier. Antropologia visual: a fotografia como método de pesquisa,
Universdade de São Paulo, 1973

KOSSOY, Boris. Realidades e Ficções da Trama Fotográfica, Ateliê Editorial 2000.

RIBEIRO da Silva, MÁRCIO. Aves de Peruíbe e a destruição do seu habitat, UniSantos, 2012

NEUROTOPIA, Neurotopia  (www.facebook.com/neurotopia/)

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta