Cultura indígena, cultura africana, exposição dos trabalhos realizados pelos alunos, feira de livros, pipoca e algodão doce. Isto tudo é o que vai rolar na 12ª Mostra Cultural da EMEI Vilza Alves Sodré, que contará ainda, pela primeira vez, com a Cultura Caiçara.

Organizado juntamente com a EMEI Caraminguava II, a Mostra Cultural está marcada para acontecer no dia 27/10, entre às 13 e 16 horas, nas dependências da escola, à Rua Dr. Itatiba, 427, no Caraminguava.

Para a Coordenadora Pedagógica, Maria Helenise, é importante que os alunos da comunidade conheçam novas culturas, principalmente a caiçara: “Muitos alunos são novos moradores e não conhecem a cultura local. Vamos ter a exposição de todos os trabalhos realizados nas unidades escolares ao longo do ano, com projeto de artes mostrando diferentes culturas”, disse.

Moradores da Aldeia Indígena Bananal – Etnia Tupi  estarão presentes, enquanto o Quilombo Baobá vai representar a cultura africana. A cultura caiçara ficará por conta do  Grupo Raízes da Juréia.

A diretora, Marli Souza Rocha, está otimista, satisfeita e aguardando a chegada do dia: “É importante divulgar os trabalhos realizados pelos alunos para que os pais participem da vida escolar dos seus filhos. Precisamos incentivar o protagonismo da criança”, falou.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria da escola. Prestigie, a entrada é gratuita.

Serviço

12ª Mostra Cultural da Emei Vilza Alves Sodré

Dia 27/10, entre às 13 e às 16 horas.

Rua Dr. Itatiba, 427, Jardim Caraminguava

Entrada Gratuita.

Texto e Reportagem: Márcio Ribeiro

Autoria do Desenho: Yasmin, do infantil IV

Colaboração: Eliana Barboza

Contato: ogaroca@bol.com.br