O Presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a falar da exploração da Estação Ecológica da Juréia, em uma transmissão ao vivo pela internet, direto de Buenos Aires, feita ontem, 06/06/19

Veja alguns trechos e o vídeo no final desta postagem

Cancun e a Baía de Angra

“Cancun fatura por ano em torno de 12 bilhões de dólares por turismo, um bilhão por mês. Alguém sabe quanto fatura a baía de Angra com o turismo? Fatura é multa! Eu tenho uma multa lá que inclusive foi no mesmo dia e na mesma hora que eu tinha metido o dedo no painel de presença em Brasilia. Mas tudo bem, fiquei três anos respondendo processo e ele foi arquivado”

Baía de Angra, foz do Rio Ribeira e a Estação Ecológica da Juréia

“A Baía de Angra, como a foz do Rio Ribeira de Iguape, eu tenho falado muito disso também, a Estação Ecológica da Juréia, qualquer país do mundo estaria explorando de forma racional estas regiões pra faturar bilhões”

A  fala do Ministro da Economia, Paulo Guedes:

“As leis no Brasil, às vezes, destroem recursos. Falávamos isso aqui na Argentina. Por que um país tão rico em recursos naturais, que foi a sexta maior economia do mundo é hoje um país empobrecido? Por que o Brasil, também, que foi uma economia que mais cresceu durante décadas no mundo, mais que Japão, mais do que China, mais do que Coréia. Por que o Brasil também parou de crescer?

O Brasil parou de crescer por que são leis inadequadas.

Agora mesmo, a Petrobras, para poder vender uma subsidiaria,  mobiliza a suprema corte e tal e tudo. Interrompe uma venda…

É uma preferência pelo empobrecimento.

O Brasil deveria avançar.

É perfeitamente possível explorar economicamente preservando os recursos naturais. É economicamente possível fazer isso.

Somos a segunda economia do mundo em recursos naturais acabamos empobrecidos por que somos a centésima trigésima como ambiente de negócio.

Nós temos uma preferência pela pobreza, temos uma hostilidade aos empregos, aos investimentos e a melhorar a qualidade de vida do Brasileiro.”

A resposta do presidente, Jair Bolsonaro, logo após a fala do ministro, Paulo Guedes:

“É difícil ser patrão no Brasil”

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, falou que o homem do campo sofria muito com as multas do Ibama e que muitas vezes estas multas foram aplicadas injustamente. E fez uma pergunta ao Bolsonaro:

“E te pergunto, presidente. Quem hoje polui mais? O agricultor do campo ou a cidade?”

E o presidente respondeu:

“É o rio Tietê!” 

Assista a live

Nota da Redação

A Mata Atlântica é um bioma, composto por diferentes formações vegetais e ecossistemas associados, que se destaca por sua grande biodiversidade, incluindo, por exemplo, várias espécies endêmicas (que ocorrem apenas nessa região). Hoje, devido a uma série de fatores, que incluem, por exemplo, a atividade humana, restam, segundo a Fundação SOS Mata Atlântica, apenas 12,4% da floresta que existia originalmente, sendo que, a maior parte encontra-se no Estado de São Paulo.

Vale lembrar que no Brasil, no Estado de São Paulo e mesmo em Peruíbe, existem muitas áreas abertas para serem exploradas economicamente, mas que o poder público não sabe cuidar e/ou organizar o turismo. Quem acredita na fala do ministro, Paulo Guedes, que disse dá pra explorar economicamente preservando os recursos naturais? E por que isso já não é feito nas áreas já abertas?

Um Garoçá na Praia do Rio Verde, no interior da E.E. Jureia Itatins. Foto de Márcio Ribeiro

Texto e Publicação: Márcio Ribeiro

Foto: Márcio Ribeiro

Contato: [email protected]

Você também pode gostar de:

 

Bolsonaro defende a anulação do decreto que criou a Estação Ecológica da Juréia

There are currently no comments.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.