Press "Enter" to skip to content

A Gaiola das Loucas

Baseada no musical que estreou na Broadway em 1983, Gaiola das Loucas foi adaptada para a versão brasileira por Miguel Falabella, um dos protagonistas da peça ao lado de Diogo Vilela. O musical conta a história de Georges (Falabella), um proprietário de um cabaré que é casado há 20 anos com Zazá (Vilela), a grande estrela transformista da boate. Altas e engraçadíssimas confusões se formam a partir do momento em que o filho de Georges, Jean Michel, interpretado por Davi Guilherme, e que foi criado pelo dois desde pequeno, resolve se casar com a filha de um homem conservador, presidente do PTFM (Partido da Família, Tradição e Moralidade) disposto a acabar com todos os homossexuais da região.

O auge da diversão ocorre quando Jean tenta convencer George a se passar por um heterossexual para se apresentar ao pai da garota e a transformista Zazá, conhecida como Albin fora dos palcos, também decide entrar na brincadeira se passando pelo tio do garoto. Até o mordomo que acredita ser uma criada e quer se apresentar no cabaré tem que virar macho.

O musical conta com um elenco de 25 atores e 14 músicos, 40 trocas de cenários e 300 figurinos. Com produção e coreografias excelentes, Falabella e Vilela tomam a cena em vários momentos sendo impossível dizer qual dos dois se destaca mais. Tanto um quanto outro estão totalmente entregues a seus personagens e a forma como eles lidam com tudo que se desenrola em cena leva realmente os espectadores para dentro do cabaré Gaiola das Loucas. Vale muito a pena dar altas gargalhadas com as confusões que se passam e conferir o grande preparo cênico desta excelente dupla de protagonistas que se apresentam no Teatro Bradesco.

 

//www.youtube.com/get_player

Be First to Comment

Deixe uma resposta