O lado de Holmes que muitos desconhecem

 

No filme de Guy Ritchie, a dupla mais famosa (Sherlock Holmes e Watson) das obras do escocês Conan Doyle parece trazer caracterizações desconhecidas até mesmo para os leitores mais fanáticos e apaixonados pelo detetive.

 

Interpretado por Robert Downey Junior (que recebeu o Globo de Ouro na categoria de melhor ator de comédia ou musical) o detetive, ao contrario de perfis retratados nas versões clássicas, em que apresenta caráter extremamente observador, está disposto, nesta recente produção, a usar sua capacidade intelectual também na força bruta através de todo tipo de luta. Outra mudança trazida por Ritchie é a forma como Holmes se relaciona com Watson (interpretado por Judie Law) em que o médico é visto como seu grande companheiro e, sua ausência tornaria impossível a resolução do caso apresentado.

 

O enredo traz a história do serial killer Lorde Blackwood (Mark Strong) que, aparentemente, usa de forças malignas como forma de ameaça para controlar o Império Britânico e atrair suas vítimas. Assim, a dupla inseparável (Holmes e Watson), terá que desvendar o que realmente está se passando.

 

Vale a pena conferir essa superprodução e, principalmente, a excepcional atuação de Robert Downey Junior, um dos poucos atores que soube trazer modificações, sem alterar o estereótipo de seu personagem.

 

 

 

There are currently no comments.