Do mesmo diretor de My Fair Lady e West Side Story, Jorge Takla parece mais uma vez acertar nesta superprodução com um cenário impecável que leva a plateia aos primórdios da era Oriental. O musical é composto por setenta atores e vinte e dois músicos com cenas surpreendentes desde o começo até o final da peça. A cada nova troca de cenário uma surpresa e uma nova emoção tomam conta dos espectadores.

 

 

O Rei e Eu é baseado no romance Anna e o Rei Sião de Margaret Landon que estreou na Broadway em 1951 e se passa em Sião, atual Tailândia. O musical traz a história do rei da região (interpretado por Tuca Andrada que realmente mostra um talento para musicais), que teve sessenta filhos com as dezenas de mulheres de Sião, e em busca de algúem para educar todos os seus herdeiros contrata uma professora inglesa (Claudia Netto) que acaba se envolvendo com o rei.

 

 

Com um cenário e uma atuação deslumbrantes, a peça também vale pelo figurino impecável totalmente dotado de características orientais.