Foto Bob Souza 

Desprovida de cenários e baseando-se unicamente no diálogo cênico, a peça Kiwi traz a história de uma jovem e suas deturpações, no palco do Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura. Com direção de Lucianno Maza, o espetáculo tem aproximadamente 60 minutos de duração.

Na peça, Rita Batata interpreta Kiwi (papel de Nathalia Kwast no dia 3/12). Nome dado a uma jovem que foi abandonada pelo tio após ele ter sua casa desapropriada para as obras das Olimpíadas. Perambulando pelas ruas, a protagonista encontra um grupo de jovens, cujos nomes verdadeiros foram trocados pelo de frutas, revelando assim uma espécie de desconstrução identitária do passado para a formação de personalidades que assumem novos papéis enquanto grupo. Acolhida por um jovem chamado Lichia (Lucas Lentini), a protagonista enfrenta os mais diversos percalços como fome, frio, violência e assédio sexual, buscando no jovem o único amparo que lhe resta e vice-versa.

O texto contém diálogos densos e reflexivos sobre questões sócias perpetradas na sociedade. Kiwi foi escrita pelo canadense Daniel Danis, que criou a primeira montagem em 1996, inspirando-se em divulgações midiáticas sobre os jogos de Atlanta. A peça ganhou versão brasileira em 2016, quando estreou pela primeira vez por aqui. O espetáculo fica em cartaz apenas até este domingo (10/12).

Serviço:

Peça Kiwi

Onde: Teatro Eva Herz – Livraria Cultura (Conjunto Nacional): Avenida Paulista, 2073, Bela Vista, São Paulo – SP

Quando: Sábado e domingo, às 15h

R$ 40

Até 10 de dezembro de 2017

Vendas pela ingressorapido.com

There are currently no comments.