Baseado no livro homônimo de Danis Lehane, o mesmo autor de Sobre Meninos e Lobos, Ilha do Medo, dirgido por Martin Scorsese, deixa o espectador ansiososo e afltito ao mesmo tempo, conforme a superprodução vai se desenrolando. Com ares muito mais fortes de drama do que de suspense, pois, em nenhum momento ele chega a trazer o ambiente de tensão típico dos suspenses em que algo inesperado ocorre, ele tavez tenha recebido essa classificação pelo cenário assustador e pelo desfecho final que é surpreendente, mas não de forma assustadora. 
O filme conta a história de dois detetives, Chuck (Mark Ruffalo) e seu chefe Teddy (LeonardodiCaprio), que chegam a uma ilha isolada, a qual abriga um hospital psiquiátrico. Lá a dupla terá que investigar o desaparecimento de uma paciente acusada de matar os três filhos. No entanto, a situação não será nada favorável para os dois, principalmente para Teddy, que começa a ficar extremamente abalado, associando momentos passados na ilha com suas lembranças da II Guerra Mundial.
Vale a pena conferir a brilhante interpretação de LeonardodiCaprio na transfomação de seu personagem, o qual, acaba no final da trama, em um estado pior que os pacientes da clínica.
There are currently no comments.