Logo após a publicação em O Garoçá, de : “Termoelétrica: Ambientalistas questionam a cobertura de A Tribuna”, O G1 (Santos e Região) tentou se redimir e fez uma matéria nas coxas das manifestações ocorridas no domingo. Acontece que fazer matérias de longe, sentado no conforto da redação, pode nos pregar peças, e foi exatamente isso o que aconteceu. O título da matéria dizia que o grupo se manifestava contra uma Usina Hidrelétrica e não termoelétrica, como é o correto.

Veja alguns comentários dos internautas, postados na matéria do G1:

Mandaprocéu disse: “Hidrelétrica……esta certo peruibe esta um buraco valas cheio de agua mas não fechem as comportas que ai sim a hidrelétrica estará em pleno vapor ….e nós moradores estaremos afogados.. .. ….”

Luis Ferreira disse: “Esses estagiários estão cada vez pior. Desse jeito não conseguirão trabalhar nem na Tribuna”.

Alexandre Batista disse: ” lendo a matéria… olha o título: “Grupo faz manifestação contra construção de hidrelétrica em Peruíbe, SP”… Hidrelétrica ???? além dos moradores, até a G1 está perdida com a matéria”.

Henrique Hartung : “TERMOELÉTRICA* a globo ta perdida”

Algum tempo depois após os comentários, a Equipe do G1 corrigiu os erros e o título colocado na matéria da imagem acima não está mais disponível no site.

Erros acontecem em todo  lugar e em uma redação não é diferente. Todas as redações erram ou já erraram em seus veículos, assim como aqui, em O Garoçá. O erro em questão não tira o brilho e a qualidade de quem faz a cobertura mais completa da região  quase que instantaneamente, mas será que foi apenas um lapso corriqueiro ou eles não estão dando a devida importância para o que esta prestes a acontecer?

Conheça agora a diferença entre uma Hidrelétrica e uma termoelétrica.

Usina Hidrelétrica: É um complexo de projetos da engenharia civil que tem por finalidade produzir energia elétrica através do aproveitamento do potencial hidráulico existente em um rio.

Usina Termoelétrica:  É uma instalação industrial usada para a geração de energia elétrica a partir da energia liberada por qualquer produto que possa gerar calor, como bagaço de diversos tipos de plantas, restos de madeira, óleo combustível, óleo diesel, gás natural, urânio enriquecido e carvão natural.

Texto: Márcio Ribeiro

[email protected]

MTB: 0078407

 

There are currently no comments.