Foto Edson Lopes Jr. 

Momentos de risadas, cantoria e descontração entre duas mulheres que se tornam amigas pela circunstância em que se encontram: esse é um panorama que poderia se constituir em diversos ambientes, mas certamente não imaginaríamos, ao menos logo de cara, numa penitenciária. Pois é justo atrás das grades que duas personagens vão se descobrir e, por meio da amizade surgida entre elas, encontrar a inspiração necessária para lidarem com suas angústias e superarem seus aprisionamentos internos.

Esse é o cerne do espetáculo Do Outro Lado, que estreou no dia 27 de setembro de 2017, no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.  Com uma mescla de comédia, drama e até musical, a peça narra as conversas entre Silmara (Vanessa Gerbeli) e Diana (Alessandra Verney), duas mulheres que dividem a mesma cela de um presídio e, com o tempo, vão se tornando não somente amigas, mas confidentes. Enquanto Diana expõe seus dramas vividos com o marido, por quem ela nutria um amor obsessivo e contra quem chegara a atirar após ser abandonada por ele; Silmara conta ter sido presa por um crime que não cometeu e, ao longo do espetáculo, deixa transparecer alguns segredos de sua vida que a perturba.

Acompanhadas pelo pianista Miguel Briamonte, diretor musical da peça, que permanece o tempo todo em cena, assim como as duas personagens, elas entoam canções ao longo da peça, de modo a interagir e ilustrar os diálogos. O público aprecia melodias de Elvis Presley, Roberto Carlos, Raimundo Fagner, Olga Guillot, entre outros, que ganham roupagem de jazz e samba nas brilhantes vozes de Vanessa e Alessandra.

Mas não é só para a música que ambas demonstram talento, como também para a vivência de personagens tão fortes e complexos ao mesmo tempo. Personalidades que refletem a infinidade de sentimentos os quais permeiam o universo feminino e que, muitas vezes, recorre a uma força inexplicável para enfrentar as adversidades da vida. As duas atrizes vivem tais momentos por meio de seus papéis, conferindo grandes toques de realismo à cena.

Dirigido por Patrícia Pinho, com aproximadamente 75 minutos de duração, Do Outro Lado é um convite à plateia para adentrar no mundo psicológico das personagens e também refletir sobre os medos e angústias que muitas vezes nos aprisionam. Muito mais do que do outro lado da cela, a peça refere-se ao nosso outro lado interior, que às vezes ocultamos por conter feridas das quais não queremos lembrar, mas que acabam nos aprisionando.

Reflexão também muito bem pontuada até mesmo no cenário, que traz dois elementos em tamanho gigantesco ao fundo do palco: um cadeado, que num determinado momento é substituído por um coração. Destaque também para o excelente talento de Briamonte no piano, contribuindo para sensibilizar ainda mais a plateia ao “ilustrar”, musicalmente, os dramas das personagens.

Serviço:

Do Outro Lado

Onde: Teatro Porto Seguro: Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, São Paulo (SP). Tel: (11) 3226-7300. Bilheteria: de terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.

O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores.

Quando: terças e quartas às 21h

Quanto: R$ 40 a R$ 60 (inteira)

 

There are currently no comments.