Apesar de não ter sido elogiado pela crítica, o filme Criação mostrou um trama realmente surpreendente através da história de Charles Darwin, interpretado pelo inglês Paul Bettany, no período de sua vida em que ele está escrevendo a obra “A Origem das Espécies” na qual ele descreve a teoria de que o homem é descendente de macaco. A produção também mostra Darwin no momento em que ele começa a sofrer perturbações causadas pela morte de sua filha de 10 anos de idade.

 

O filme envolve os telespectadores a medida que vão se passando conflitos que abalam tanto o naturalista britânico quanto sua mulher (Jennifer Connelly) que é extremamente religiosa. Os dois começam a discutir cada vez mais, tanto pela divergência de crenças entre eles, como pelo fato da morte da filha que acaba por fazer com que Charles Darwin se distancie de sua família . No entanto, a história mostra que uma simples conversa pode ser a solução para que ambos façam as pazes.

 

Mesmo com um pouco de exagero na dramatização do enredo, vale a pena conferir essa produção do diretor Jon Amiel.

 

 
There are currently no comments.