Em única apresentação realizada no espaço do HSBC Brasil em 20 de julho,  o ator Rodrigo Santana, que se consagrou na comédia ao interpretar a famosa personagem Valéria Bandida no programa de TV “Zorra Total”, encarou diversos personagens no monólogo humorístico Comício Gargalhada.
 
Com duração aproximada de 65 minutos, o espetáculo não poderia deixar de apresentar à plateia os personagens que encantam os telespectadores durante todas as noites de sábado nas telinhas da Globo, no Zorra Total: a mendiga do metrô, Adelaide – que abriu a peça já se interagindo com algumas pessoas da plateia – e a personagem Valéria – que fez o desfecho do espetáculo de forma bem humorada.
 
Um homossexual, um sensitivo e até mesmo uma espevitada cantora de axé são alguns dos papéis interpretados por Rodrigo Santana na peça. Apesar de arrancar fortes risadas da plateia em momentos variados, o ator apresenta cada um de seus personagens de modo breve e sem prolongamento das piadas. Até mesmo a apresentação da personagem Valéria se dá de forma curta, sendo que poderia ser mais trabalhada, ter uma maior continuidade e interatividade com os espectadores.
 
Muitas piadas são divertidas e nos entretém, todavia os textos carecem de um maior conteúdo e enriquecimento para que cada personagem possa ser melhor apresentado, de forma que o espetáculo não acabe repentinamente, provocando uma quebra na expectativa do público, que talvez tenha ficado com um gostinho de “quero mais”.
 
Dirigido e escrito por Rodrigo Santana, Comício Gargalhada já passou por outros estados brasileiros, como Espírito Santo e Pernambuco, e pode voltar a realizar novas apresentações aqui em São Paulo.
 
Por Mariana da Cruz Mascarenhas